• (11) 3078-8750 (11) 3078-4611
  • Rua Prof Carlos De Carvalho, 175 - Itaim Bibi
  • Horário de atendimento: Segunda - feira à Sexta - feira - 08:00 às 20:00

Blog

O que são moscas volantes?

Sabe aquelas pequenas manchas ou pontos pretos circulando dentro do olho? A elas damos o nome de "moscas volantes" e geralmente acontece quando olhamos para um fundo claro, como uma parede branca....

Leia mais

O que é Biometria?

Biometria é um procedimento que consta da medida do comprimento axial do olho a ser operado (realizada com Ultrassom, com Laser e mais modernamente com OCT) e da medida do poder de convergência da córnea.

Leia mais

Catarata: Sintomas e tratamento

A Catarata é uma das principais responsáveis pela cegueira no Brasil e de acordo com dados do Ministério da Saúde, são realizadas mais de 450 mil cirurgias para correção de Catarata por ano, o que é bastante significativo quando falamos de doenças oftalmológicas.

Leia mais

DMRI: a principal causa de perda de visão entre os idosos

As pessoas acima dos 50 anos estão mais suscetíveis a desenvolverem algumas doenças devido à idade, e a DMRI infelizmente é uma delas.

Ela é a principal causa de perda visual irreversível em pessoas acima dos 50 anos de idade. Possivelmente, você conhece alguém ou tem um familiar com este problema. Mas o que é a DMRI?

Leia mais

Degeneração Macular

Nosso olho se assemelha muito a uma máquina fotográfica, com seus diversos componentes. Por exemplo, as lentes que focalizam os objetos são representados pela córnea e o cristalino; o diafragma da máquina fotográfica seria representado pela pupila; e o filme da máquina fotográfica, onde as imagens são captadas, é representado pela retina.

A retina é a estrutura no fundo do olho que transforma a energia luminosa do ambiente em energia elétrica, que pode ser captada e interpretada por nosso cérebro, sendo dessa forma essencial para que enxerguemos.

O centro da retina recebe o nome especial de mácula. Portanto, a mácula nada mais é que a parte central e mais nobre de nossa retina, responsável pela visão de detalhes.

Leia mais

Diabetes e o olho

A maioria das pessoas com diabetes sabem ou tem receio de que a doença afete sua visão. Diversos estudos demonstram que um controle rigoroso do diabetes diminui a chance de perda visual e a necessidade de tratamentos.

A pessoa com diabetes tem dificuldade de metabolizar o açucar do organismo, de modo que os níveis de açúcar no sangue muitas vezes são mais elevados que o recomendado. Cronicamente, níveis altos de açúcar no sangue afetam os pequenos vasos presentes em nosso organismo, chamados capilares. Conforme os capilares são afetados, as trocas de nutriente e a oxigenação dos órgãos do nosso organismo fica mais dificultada. Nosso olho não é diferente do restante do organismo, e um controle inadequado da glicemia por tempo prolongado facilita o aparecimento das alterações causadas pelo diabetes no fundo do olho, chamadas pelos médicos de retinopatia diabética.

Leia mais

Visite o oftalmologista

O diagnóstico precoce é a melhor forma de prevenção, principalmente no caso de doenças que não tem cura. O Glaucoma é uma delas. Por tratar-se de uma doença ocular, ele merece uma atenção redobrada, já que pode levar à cegueira total – além de ser irreversível. Diferente de muitas outras doenças, o Glaucoma não é uma doença que avisa: ela chega devagar, sem causar sintomas. Quando estes aparecem, é sinal que a doença já está em um grau elevado, dificultando até mesmo o tratamento.

Leia mais

Glaucoma: Mitos e Verdades

Para todo tipo de doença existem alguns mitos que - se não forem ‘desmistificados’ - podem atrasar o diagnóstico preventivo, o que agravaria ainda mais um caso de uma doença incurável, como o Glaucoma. O Glaucoma é uma doença que acomete a visão e pode levar à cegueira, se não for tratado em tempo.

Leia mais